Hérnia de Disco

Injeções de ozônio para hérnia de disco aumentam o fluxo sanguíneo para os corpos vertebrais, que são os ossos acima e abaixo do disco, que é como o disco recebe todo o seu oxigênio e nutrientes. Diminui a inflamação, ajuda o tecido fibroso ao redor do disco que mantém o disco no lugar para proliferar, o que significa aumentar o número de células. E ajuda o disco a lidar com o estresse oxidativo, que é um benefício muito importante. O estresse oxidativo é um enorme problema para o corpo. O corpo humano, o reino animal em geral e todo organismo no planeta Terra, tem uma maneira de lidar com o estresse oxidativo. Sem a capacidade de lidar com isso, deixaríamos de existir. A maneira como lidamos com isso é com enzimas.

Enzimas são como fábricas que podem lidar com milhões de reações por segundo. Quando somos confrontados com um stress oxidativo, por exemplo, os radicais livres, as enzimas podem desativá-los muito rapidamente.
O ozônio é único ao compará-lo a todos os outros compostos antioxidantes existentes, pelo fato de conseguir ativar uma cascata de enzimas que lidam com o estresse oxidativo.
Então, o que isso significa para o disco?
Isso significa que ele vai ser mais saudável. Isso significa que ele será mais resistente a outras lesões. E isso é uma enorme vantagem.

É seguro, é eficaz, duradouro e o mais importante é que pode ser repetido sem consequências negativas.

Não há efeitos adversos em repetir o procedimento de aplicação subcutânea de ozonio. De fato, os efeitos benéficos do ozônio são aditivos. Esta é uma grande vantagem quando se compara o ozônio a outros tratamentos, como cirurgias e injeções epidurais de esteróides.